::MJCD(Michael Jackson Club Dance) :::EVOLUTION :::
Sejam bem-vindos!

Faça login ou se cadastre para poder
ter acesso completo ao fórum e participar.



http://profile.ak.fbcdn.net/hprofile-ak-snc7/373151_258707334164476_1630870291_q.jpg
 
InícioPortalCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 #Madonna fala sobre Michael para a 'Rolling Stone1#

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Gabriel 1000%
Rank
avatar

Número de Mensagens : 179
Localização : Belém do Pará
Cash Virtual : i
Data de inscrição : 15/11/2008

10112009
Mensagem#Madonna fala sobre Michael para a 'Rolling Stone1#

Madonna fala sobre Michael para a 'Rolling Stone'

















<a
href='http://ads.reidopop.com/www/delivery/ck.php?n=a7d29635&cb=INSERT_RANDOM_NUMBER_HERE'
target='_blank'></a>







Chora com freqüência no palco?

Chorei quando descobri que Michael Jackson havia morrido.


Você e Michael nasceram no mesmo mês, agosto de 1958. Como era a experiência de assistir a um garoto da sua idade fazendo que ele fez?
Eu estava loucamente apaixonada por ele, totalmente louca. Ele era
assustadoramente talentoso. As músicas que ele cantou não eram infantis
em tudo.



Quando foi que você o conheceu?
Eu o conheci na década de 80, quando comecei a trabalhar com o meu
gerente, Freddy DeMann, que na época era gerente de Michael Jackson. Eu
o vi tocar no Madison Square Garden, e eu fiquei encantada. Ele foi
impecável. Houve uma festa no Palácio de Helmsley Hotel. Ele foi muito
tímido, mas foi uma emoção para mim.



Você estava com ciúmes dele?
De um bom modo. Eu desejei ter escrito "Billie Jean" e "Wanna Be Startin 'Somethin'". Que música que eu não amei?


Dez anos mais tarde houve rumores de que vocês gravariam juntos, e você foi ao Oscar com ele.
Houve um período de tempo, quando saimos. Ele queria trabalhar comigo,
acho que ele quis me conhecer, e eu queria fazer o mesmo. Quando você
escreve com alguém, é uma experiência estranha, você se sente
vulnerável e tímida. Quando eu trabalhei com Justin Timberlake me senti
assim. Escrever músicas juntos é uma experiência muito íntima[...]"Em
sua marca, prepare-se, crie!". “Você tem que superar estes obstáculos,
que são, “quero impressionar esta pessoa, mas eles pensarão que as
minhas idéias são estúpidas? E se as idéias deles são estúpidas? Posso
ser honesto com eles? Eles serão ofendidos?"Você acaba conversando e
socializando, e você tem que fazer isso para chegar ao próximo nível,
para ser criativo. Então isso é o que estávamos fazendo: assistir
filmes, jantar, sair, ir ao Oscar, sendo bobo, vendo se nós poderíamos
trabalhar.. Ele ficou relaxado. Ele tirou os óculos escuros, tinha um
copo de vinho, eu o tinha a rir.


Você é o único outro artista no mundo que pode relacionar a suportar esse nível de escrutínio. Por que destruiu-o?
Tudo o que tenho são minhas opiniões, eu não estava muito perto dele. É
bom ter uma boa infância e uma sensação de si mesmo no mundo antes de
as pessoas começarem a dizer-lhe o que eles acham de você. Onde você
pode cometer erros e ter um senso de inocência. Ele lhe dá um senso de
confiança. Eu não acho que ele começou dessa forma. Será que ele tinha
alguma noção de si mesmo fora do mundo de ser adorado e famoso? É
difícil sobreviver assim. Penso que ele sentiu-se inseguro sobre a
atenção que ele recebeu, e teve um relacionamento de amor-ódio com seu
trabalho. Ele não parece ter quaisquer amigos próximos. E na última
década, todos o abandonaram, ou o descartaram como louco. As pessoas
têm dito muitas coisas sobre mim que não são verdadeiras, e eu nunca
tive uma vez um segundo pensamento de que as acusações contra ele
poderiam ser verdade. Mas ele não parecia ter uma maneira de lidar com
isso, pública ou privada, e que pode destruí-lo. Quando ele morreu,
todo o mundo estava a dizer do grande gênio que ele era, mas é
importante apreciar as coisas antes de perdê-las. É uma grande
tragédia.

















<a
href='http://ads.reidopop.com/www/delivery/ck.php?n=a7d29635&cb=INSERT_RANDOM_NUMBER_HERE'
target='_blank'></a>







Chora com freqüência no palco?

Chorei quando descobri que Michael Jackson havia morrido.


Você e Michael nasceram no mesmo mês, agosto de 1958. Como era a experiência de assistir a um garoto da sua idade fazendo que ele fez?
Eu estava loucamente apaixonada por ele, totalmente louca. Ele era
assustadoramente talentoso. As músicas que ele cantou não eram infantis
em tudo.



Quando foi que você o conheceu?
Eu o conheci na década de 80, quando comecei a trabalhar com o meu
gerente, Freddy DeMann, que na época era gerente de Michael Jackson. Eu
o vi tocar no Madison Square Garden, e eu fiquei encantada. Ele foi
impecável. Houve uma festa no Palácio de Helmsley Hotel. Ele foi muito
tímido, mas foi uma emoção para mim.



Você estava com ciúmes dele?
De um bom modo. Eu desejei ter escrito "Billie Jean" e "Wanna Be Startin 'Somethin'". Que música que eu não amei?


Dez anos mais tarde houve rumores de que vocês gravariam juntos, e você foi ao Oscar com ele.
Houve um período de tempo, quando saimos. Ele queria trabalhar comigo,
acho que ele quis me conhecer, e eu queria fazer o mesmo. Quando você
escreve com alguém, é uma experiência estranha, você se sente
vulnerável e tímida. Quando eu trabalhei com Justin Timberlake me senti
assim. Escrever músicas juntos é uma experiência muito íntima[...]"Em
sua marca, prepare-se, crie!". “Você tem que superar estes obstáculos,
que são, “quero impressionar esta pessoa, mas eles pensarão que as
minhas idéias são estúpidas? E se as idéias deles são estúpidas? Posso
ser honesto com eles? Eles serão ofendidos?"Você acaba conversando e
socializando, e você tem que fazer isso para chegar ao próximo nível,
para ser criativo. Então isso é o que estávamos fazendo: assistir
filmes, jantar, sair, ir ao Oscar, sendo bobo, vendo se nós poderíamos
trabalhar.. Ele ficou relaxado. Ele tirou os óculos escuros, tinha um
copo de vinho, eu o tinha a rir.


Você é o único outro artista no mundo que pode relacionar a suportar esse nível de escrutínio. Por que destruiu-o?
Tudo o que tenho são minhas opiniões, eu não estava muito perto dele. É
bom ter uma boa infância e uma sensação de si mesmo no mundo antes de
as pessoas começarem a dizer-lhe o que eles acham de você. Onde você
pode cometer erros e ter um senso de inocência. Ele lhe dá um senso de
confiança. Eu não acho que ele começou dessa forma. Será que ele tinha
alguma noção de si mesmo fora do mundo de ser adorado e famoso? É
difícil sobreviver assim. Penso que ele sentiu-se inseguro sobre a
atenção que ele recebeu, e teve um relacionamento de amor-ódio com seu
trabalho. Ele não parece ter quaisquer amigos próximos. E na última
década, todos o abandonaram, ou o descartaram como louco. As pessoas
têm dito muitas coisas sobre mim que não são verdadeiras, e eu nunca
tive uma vez um segundo pensamento de que as acusações contra ele
poderiam ser verdade. Mas ele não parecia ter uma maneira de lidar com
isso, pública ou privada, e que pode destruí-lo. Quando ele morreu,
todo o mundo estava a dizer do grande gênio que ele era, mas é
importante apreciar as coisas antes de perdê-las. É uma grande
tragédia.

[mjbeats fórum]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

 Tópicos similares

-
» Jennifer Batten (Guitarrista da Bad,Dangerous e History Tour) fala sobre Michael Jackson
» Taemin fala sobre sua garota ideal
» YouTube: Tokio Hotel Fala Sobre a Nova Música "Love Who Loves You Back"
» Choi Yun-Gyeom fala sobre o filho mais novo MinHo
» O que os famosos falam sobre Michael Jackson
Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

#Madonna fala sobre Michael para a 'Rolling Stone1# :: Comentários

Gabriel!...."os brutam também se amam"!...as fãs gostam de perfomance, em sãopaulo/rio estão cheios e as fãs adoram...
Mick sempre foi sincero como cantor e com tudo ele se esforçou muito para dedicar aos ensaios e hoje tudo estou
e Madonna deu seu depoimento, justamente na revista, onde foi a primeira revista dado o titulo ao mick !rei do pop"...
Deu a entrevista de corpo e alma.
O tópico está brutalmente mal feito,TEM QUE PRESTAR MAIS ATENÇÃO!
SR.Gabriel
hehehee a Madona desejava ter escrito billie jean e WBSS,2 sucessos do Michael,por isso ela teve inveja dele
sim mais ela é legal pq gostava do mike como nós e isso ja é legal mais eu acho que n teve inveja n foi só amor por ele !
Concordo com a Janet..inveja ela não tem razões pra ter,ela
tbm tem vários sucessos,que qulaquer um desejava ter escrito.
:/
 

#Madonna fala sobre Michael para a 'Rolling Stone1#

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
::MJCD(Michael Jackson Club Dance) :::EVOLUTION ::: :: Michael geral :: M.J.C.D. Michael news-
Ir para: